Soja: semana de feriadão americano e negócios pontuais

28/11/2017 18:10:15

A semana para o mercado da soja foi de negócios pontuais, especialmente devido ao feriadão americano de Ação de Graças, na quinta-feira (23), e o meio pregão em Chicago, na sexta-feira (24), além do feriado parcial da Consciência Negra, na segunda-feira (20), no Brasil. Entre um feriado e outro, o ritmo foi lento em todo o mundo, com movimento baixo e regionalizado, com indicativos nos portos entre R$ 74,00 e R$ 74,50, para o grão atual, e R$ 75,00 e R$ 76,50 para a safra nova, apresentando níveis menores para os meses mais curtos e valores maiores para os mais longos.

O câmbio teve uma semana de queda frente às negociações do Governo Federal com o Congresso para agilizar a “minirreforma” da Previdência, que deixaram o mercado financeiro otimista e esfriaram o dólar. A saúde do presidente brasileiro, fato que geralmente tem peso forte nas decisões dos investidores, não afetou a moeda. Michel Temer passou por cateterismo na última sexta-feira (24), à noite, sem que o mercado soubesse, e sua cirurgia na próstata, realizada no último mês, também foi um sucesso, não influenciando o mercado.

A calmaria de final de ano para o setor está chegando; dezembro é um mês que historicamente não mostra grande movimentação no mercado da soja. Para esta nova semana, os fechamentos devem continuar em baixa, já que há pouco grão para ser negociado e boa parte do restante está sendo retido pelos produtores para comercialização somente no início de 2018. Assim, somente uma ou outra posição regionalizada deverá girar e a tendência é de níveis mais atrativos para o mercado interno do que a exportação, devido ao dólar que deve se manter no valor atual ou operar em baixa. Aproveitando a tranquilidade, os produtores correrão com o tratamento das lavouras, trabalhando para o fechamento do plantio e, um pouco mais devagar, com a venda.

Fonte: Brandalizze

 


Siga a Arysta