Soja voltando às exportações

20/06/2017 12:23:03

A SECEX – Secretaria de Comércio do Exterior - divulgou o seu relatório semanal das exportações brasileiras e mostrou a Soja neste começo de junho com um acumulado de 3.038,6 mil toneladas, sendo que a média diária está em 434,1 mil toneladas, ficando um pouco abaixo da média de maio que foi de 498,2 mil toneladas, entretanto o mês atingiu um recorde histórico de embarque, chegando perto das 11 milhões de toneladas. Atualmente está muito à frente do mesmo período do ano passado que mostrava menos de 2,5 milhões de toneladas embarcadas. No ritmo atual, as exportações de junho vão superar as 9 milhões de toneladas e ficarão acima das 7,7 milhões de toneladas de junho do ano passado. 

O Farelo teve 485,2 mil toneladas exportadas neste começo de junho e média diária de 69,3 mil toneladas, ficando abaixo das 74,1 mil toneladas diárias de maio e também abaixo das 71,2 mil toneladas diárias de junho do ano passado. Em relação ao Óleo, foram 80 mil toneladas e média de 11,4 mil toneladas diárias frente às 5,1 mil toneladas diárias do mês passado e das 7,3 mil toneladas diárias de junho do ano passado.

Neste começo de junho a Soja e derivados já trouxeram mais de US$ 1,35 bilhão em divisas, frente ao segundo, que foi o Ferro, com US$ 412,8 milhões. Segue dando forças para o bom saldo da balança comercial brasileira.    

Semana com poucos negócios confirmados:

O mercado da Soja nesta última semana teve poucos negócios confirmados porque tivemos o feriadão de Corpus Christi, o qual anulou a quinta-feira em diante. Assim sendo, o movimento ficou restrito aos primeiros três dias da semana e as vendas foram lentas, pois esperava-se cotações maiores e compradores atuando e levando alguns volumes nos portos. O mercado da Soja nesta nova semana deverá voltar aos negócios na exportação, que tende a levar novos volumes sendo que há muita pressão de compra do grão nos principais portos. Desta forma, há um apelo para mais negócios e olho no Dólar que, devido à crise política, deverá trazer mais flutuações podendo dar espaço para os negócios fluírem novamente nos portos. Com chances de retornar aos R$ 71,00 nos portos, onde começam a aparecer ofertas.    

Fonte: Brandalizze


Siga a Arysta